24 de março de 2009

Doutrinadores de todo dia

Vão derramar seu sermão em outros ouvidos. Obrigado por poupar-me de sua opinião.
Seu dedo em riste, aproveite e enfie. E antes que pergunte, não, nem quero saber o que você acha disso ou daquilo, daquela ou daquele. Gostaria de oferecer com toda sinceridade, a quem usa a desgraça dos outros como exemplo de sua própria virtude, meu vômito, esse produto das minhas entranhas.
Postar um comentário