30 de dezembro de 2008

Holocausto no dos outros é refresco

No apagar das luzes deste ano, a matança sionista continua. De onde vem a fúria genocida dos judeus? Talvez o judeu Freud dissesse - é o retorno do reprimido.


Postar um comentário