12 de dezembro de 2008

Campeão da Galáxia

Depois de vencer pela sexta vez o campeonato brasileiro, nós, são-paulinos, estamos que nem podemos, já sendo três vezes campeões do mundo. Estamos de olho no campeonato da galáxia já, que o mundo está ficando pequeno.

E o futebol também é literatura, os melhores times são aqueles que a gente nem viu. Hoje em dia, quem viu jogar Garrincha, Pelé, Didi já tem certa idade. Bem poucos viram Zizinho, Heleno de Freitas ou Leônidas; do tempo de Friedenreich, um ou outro raríssimo macróbio. Mas a gente gosta de imaginar; por exemplo, eu acho que o time da Copa de 1938 deve ter sido fantástico; naquele tempo meu pai era criança de calças curtas. E então formam-se as lendas; Domingos da Guia, o Divino Mestre, até os epítetos vêm, como em Homero. E então a súmula do jogo que se dane, o negócio continua na imaginação.

Em homenagem ao melhor time do mundo, a escalação do São Paulo com os craques de todos os tempos. O técnico desse time, nem precisava dizer, seria Telê Santana.
Roberto Rojas
De Sordi

Dario Pereyra
Bauer
Leonardo
Toninho Cerezo
Gérson
Müller
Leônidas
Friedenreich
Canhoteiro

PS: jogando botão com meu sobrinho, que por obra & graça de NSJC torce pelo SPFC, sempre escalei os times de botão com os maiores de todos os tempos, ao que minha sogra dizia que estavam baixando os espíritos.
PS 2 - Por coincidência, fico sabendo que hoje é aniversário de título mundial do São Paulo, veja: http://ferozesfc.blogspot.com/2008/12/h-15-anos-zetti-leonardo-muller-e-cia.html
Postar um comentário