5 de agosto de 2011

Saudade do coturno

As vivandeiras da caserna já estão mais gastas, mas ainda ficam excitadas...
Postar um comentário