7 de novembro de 2008

A Galinha de Mato Grosso

Impõe-se que seja feita justiça. Devemos, nós, o povo brasileiro, homenagear o Supremo Magistrado da Nação com a alcunha de A Galinha de Diamantino, uma láurea merecida pela sua atuação incansável a serviço do Império da Lei, inclusive despachando Habeas Corpus a deshoras na penosa solidão da praça dos três poderes.



Com isso, será feita justiça a essa figura já histórica; outros juristas receberam alcunha enobrecedora, de feição ornitológico-locativa, como o pretensioso Águia de Haia, com menos méritos, ou iguais; maiores, nunca!



imagem: ars pauperrima
Postar um comentário