4 de setembro de 2008

Palavras ao vento

Jogo para a platéia, palavras ao vento, as mesas dispostas para a assembléia.
No centro, o orador perora e avança; nos cantos, engatam-se furtivas outras danças.
Negócios, arranjos; tudo pode, desde que atendidas as condições do cão;
Jantam bem os homens bons, e depois encomendam pesquisas de opinião.

Um comentário:

sandravan disse...

Ossos do ofício...