3 de novembro de 2017

Têmis não negocia nem faz acordos


O Grifo já havia previstohá algum tempo que os arroubos desmedidos dos juízes de nosso país, cassando mandatos e presidentes e preservando outros mandatos e outros pretensos presidentes ainda iriam voltar-se contra eles, contra os magistrados, que sempre tiveram um poder inquestionado em nosso país ignorante; apenas as sentenças vasadas em uma linguagem de um parnasianismo anabolizado já serviam para afugentar o homem do povo do contato com essas sumidades, esses semi olímpicos. Agora em breve veremos quanto custa uma sentença, saberemos com certeza que as malas pretas que compram consciências e vontades em todos os poderes nunca deixaram de aparecer nos tribunais. Saberemos isso, mas não ficaremos melhores por causa disso, faltará ainda chegar o dia em que sacudiremos todos os vendilhões e escorraçaremos os  salteadores do povo; por enquanto, cada fato assombroso é mais uma pedra que se acumula na montanha de nossa resignação. 
Postar um comentário