19 de janeiro de 2015

São Paulo suicida

A seca de S. Paulo se aproxima de um momento trágico, em que todo o sistema Cantareira vai secar; quando isso acontecer, os milhões abastecidos de água por esse sistema estarão condenados a ficar sem uma gota, nem o racionamento será possível.
E seguimos todos anestesiados, sem reaçáo, esperando a catástrofe certa; igualmente anestesiado estão os líderes constituídos, o maior esforço do governador é tentar se dissociar do problema, uma vez que negá-lo ficou difícil, foi obrigado a isso.
Por que então empurrar tanto com a barriga? O palpite de O Grifo è que o uso da água vai ficar muito mais caro a partir desse episódio traumático. Essa motivação é a mais plausível. Veremos.
Postar um comentário